headerphoto
Perfil Profissional

No exercício da profissão, o Engenheiro de Agronegócios poderá desenvolver as atividades descritas na Resolução CONFEA, n.218 de 29 de junho de 1973 que discrimina as competências profissionais. De acordo com o Art. 1 ficam designadas as seguintes atividades:

Atividade 01 – Supervisão, coordenação e orientação técnica;

Atividade 02 – Estudo, planejamento, projeto e especificação;

Atividade 03 – Estudo de viabilidade técnico-econômica;

Atividade 04 – Assistência, assessoria e consultoria;

Atividade 05 – Direção de obra e serviço técnico;

Atividade 06 – Vistoria, perícia, avaliação, arbitramento, laudo e parecer técnico;

Atividade 07 – Desempenho de cargo e função técnica;

Atividade 08 – Ensino, pesquisa, análise, experimentação, ensaio e divulgação técnica; extensão;

Atividade 09 – Elaboração de orçamento;

Atividade 10 – Padronização, mensuração e controle de qualidade;

Atividade 11 – Execução de obra e serviço técnico;

Atividade 12 – Fiscalização de obra e serviço técnico;

Atividade 13 – Produção técnica e especializada;

Atividade 14 – Condução de trabalho técnico;

Atividade 15 – Condução de equipe de instalação, montagem, operação, reparo ou manutenção;

Atividade 16 – Execução de instalação, montagem e reparo;

Atividade 17 – Operação e manutenção de equipamento e instalação;

Atividade 18 – Execução de desenho técnico.


O Engenheiro de Agronegócios poderá atuar, principalmente, na Gestão econômica, Gestão de produção, Gestão de recursos naturais, Gestão dos resíduos agropecuários, Planejamento estratégico, Análises de demanda, Processos decisórios, Avaliações de mercado e Técnicas de qualidade nas cadeias de produção agroindustrial.

O profissional formado pela Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica de Volta Redonda terá um perfil com:

- Forte embasamento de conhecimentos técnico-científicos nas áreas de Engenharia básica, Economia, Administração e de Ciências Agrárias, visando sua atuação nas empresas atuantes no Agronegócio;

- Conhecimento para atuar em mercados do complexo agroindustrial;

- Adequada capacidade gerencial e com habilidades no relacionamento interpessoal que possibilitem sucesso no trabalho em equipe e nas apresentações em público, visando melhor aproveitamento no mercado de trabalho;

- Conhecimentos gerais e sensibilidade humana, ambiental, cultural e sócio-econômica para atuar no mercado brasileiro, latino-americano e mundial;

- Comprometimento com a conservação e/ou recuperação da qualidade do solo, do ar e da água;

- Utilização de tecnologia racional, integrada e sustentável em relação ao ecossistema.